sábado, 26 de janeiro de 2013

TENDÊNCIA DE BIJOUTERIAS PARA 2013


Por Claudilice Fotografia.

Extravagância em 2013 é a palavra de ordem citada pela consultora de moda Cris Gurgel. A inspiração vem de países como a Rússia, Chile e México. As bijuterias são peças chave da estação e vale o “more is more”, ou seja, quanto mais melhor, observando que a regra é o equilíbrio e a coordenação das cores e tamanho das peças. A Tendência Max veio para ficar e estão em todas as peças, colares, pulseiras, braceletes, brincos, anéis entre outros. E a chamada pulseira de mão ou hand bracelets, moda lançada pelas irmãs russas Katia e Sônia Gaydamak, sensação da estação atual, migra para o inverno em versões super descoladas, lembrando que o acessório, usado no centro da mão,  passa a ser o centro das atenções no look, por esse motivo, as pulseiras convencionais ou os mega anéis estão dispensados.


Os brincos continuam em alta, ousados e modernos são excelentes para pontuar o look minimalista proposto por algumas grifes como, Celine, Valentino, Dior e outras. As pérolas apresentadas no desfile da Chanel, para o Verão, retomam seu lugar de destaque e provavelmente reinará na próxima estação, claro que com o toque rebelde sugerido pelo mestre Karl Lagerfeld. E por falar em brincos, os ear cuffs, aqueles usados na orelha inteira, ousados e hiper modernos, que foi sucesso absoluto nos anos 80 e 90, também estarão presentes no inverno 2013, alias, a Raquel Pires sempre a frente das tendências, lançou os brincos, em estações passadas, e bombou, agradou a mulher que gosta de novidade. Provavelmente repetirá o sucesso na próxima coleção.
O geometrismo marca registrada dos anos 60, voltou com tudo, grifes badaladíssimas como Missoni, Pucci, Balmain, Louis Vuitton e Dolce Gabbana apostaram na tendência e inspiraram o designer de joias e bijuterias.
Quanto ao tipo de material usado na confecção das peças, a variedade é enorme e sem limites, vai aonde a criatividade alcança. São cristais de todas as cores, pedras naturais, sementes, acrílicos, palha, pérolas, miçangas, metais como: cobre, revestimentos em ouro, prata, e muitos outros, vale misturar todo tipo de material em uma única peça, o que vai valorizá-la é o designer e não o tipo de material utilizado. A promessa é que haverá um inverno ainda mais colorido, a paleta de cores inclui, os tons pastéis como o nude, azul e verde claro, o vermelho, o cinza, o preto e o branco formando o duo ou mesmo separados, o vinho, laranja, rosa e ferrugem.
Estamos aguardando o retorno da designer e diretora da marca Raquel pires, que está na cidade luz, percorrendo o arrandissements da bela Paris, em busca das melhores tendências e inspiração para a próxima coleção. Aguardem!